Profissionais e estudantes buscam atualização e conhecimento em evento gratuito, voltado a profissionais do Comex

Com o pedido de doação de alimentos em troca das inscrições, o Seminário Paranaguá 2020 arrecadou 60 kg de produtos destinados ao Asilo São Vicente de Paulo, de Paranaguá (PR).

 Estudantes e profissionais do setor de Comércio Exterior (Comex) ocuparam 60% do auditório do Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Paraná e de Santa Catarina (SDA), em busca de atualização e mais conhecimento na profissão, no Seminário Paranaguá 2020.

O evento – gratuito – foi realizado no último dia 14 de fevereiro, na cidade de Paranaguá (PR), numa parceria entre a Associação dos Despachantes Aduaneiros do Brasil (ADAB) e o SDA, com o apoio das empresas Cargonave Group, Balões Joy e LogComex.

Com a doação de um quilo de alimento não perecível em troca da efetivação das inscrições, a organização do evento conseguiu arrecadar 60 kg de alimentos no total, repassados ao Asilo São Vicente de Paulo, de Paranaguá.

A presidente do SDA, Izabel Cristina Ramos Martins do Carmo, abriu o evento ressaltando a importância da atualização profissional contínua dos atuantes do Comex. “É com muita satisfação que faço a abertura desse importante encontro. É de conhecimento de todos o quanto a necessidade de aperfeiçoamento contínuo é fundamental em nossas atividades profissionais, principalmente para nos atualizarmos”, enfatizou Izabel.

O presidente da ADAB, Valter Rezende, agradeceu a presidente do SDA pela parceria e “coragem de enfrentar alguns colegas que ainda não entenderam que há necessidade da nossa união”, referindo-se à falta de um discurso uníssono entre algumas das entidades do setor, em defesa dos despachantes aduaneiros. Segundo Rezende, a ADAB surgiu justamente para defender a classe junto à Secretaria da Receita Federal e a todos os órgãos intervenientes do Comex.

“Também quero agradecer o nosso delegado, Moisés Maurício Chaves, que incansavelmente correu para que fosse realizado esse evento, ao Marcelo Dias, que também colaborou para que chegássemos ao evento de hoje, e aos palestrantes, que doaram seu tempo e dinheiro para trazer conhecimento aos participantes”, destacou Rezende.

Quanto mais conhecimento, melhor

Ao final do seu discurso, o presidente da ADAB dirigiu-se aos participantes e disse que o profissional despachante precisa se reinventar. “Sem cursos, sem conhecimento, é fatal a derrocada da nossa profissão. Ou seja, nós, despachantes aduaneiros, temos que nos reinventar. Esse é o caminho correto”, advertiu.

Após a abertura inicial, quatro palestrantes levaram dicas e informações sobre questões técnicas e jurídicas do momento, além de novas tecnologias que agregam valor à consultoria em Comércio Exterior: o administrador de empresas e especialista em Comércio Exterior, Edilson Sossa; o despachante aduaneiro Laércio Donizetti Olivaes Munhoz, delegado da ADAB na cidade de São Paulo; o despachante aduaneiro e consultor internacional Edmilton Ribeiro Filho, diretor de Comunicação da ADAB, além do advogado aduaneiro Eduardo Ribeiro Costa, que também faz parte do corpo jurídico da ADAB.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui