ADAB aciona Ouvidoria do Ministério da Fazenda contra a Marimex

Em ação simultânea, a ADAB protocola mais um questionamento, dessa vez contra a Marimex por oferta indevida de serviços de Despacho Aduaneiro.

A ADAB Associação dos Despachantes Aduaneiros do Brasil, mais uma vez, através do seu Departamento Jurídico protocolizou no dia 10 de julho requerimento na Ouvidoria do Ministério da Fazenda contra a empresa Marimex Despachos Transportes e Serviços Ltda, por oferta indevida de serviços, cuja prerrogativas compõe o rol de prioridades do Despachante Aduaneiro.

Como se naturalizou no Brasil, mais uma afronta à lei e a atividade do profissional Despachante Aduaneiro. A Ouvidoria em resposta aguarda a reunião de elementos probatórios para que se inicie o processo fiscalizatório.

Para o Presidente de ADAB Valter Rezende, se trata de um movimento de questionamentos num claro desrespeito às leis, qualquer cidadão pode fazer.

Diz ainda Rezende, “nos reunimos por meio de uma organização para que nos representasse formalmente, e que tivesse iniciativas como as que estão em curso. Entendemos também a necessidade de uma composição com outras entidades, para que se fortaleça ações dessa natureza em defesa das prerrogativas do Despachante Aduaneiro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui