ADAB ganha reforço em Minas Gerais

A Despachante Aduaneira Carmen Lúcia Dias atuante há 15 na área, se integra às fileiras dos profissionais que querem mais respeito e valorização da atividade

Carmen Lucia Dias. “É preciso conscientização e acreditar”

Carmen Lucia Dias é nomeada Delegada Adjunta para o Estado de Minas Gerais. Abaixo um pouco do que pensa a profissional sobre a atividade na conjuntura atual.

Questionada como observa o ofício em Minas Gerais, Carmen relata que a atividade de Despachante no Estado é bem sufocada” acredito que é igual em outros estados também” destaca a profissional.

Segundo ela, é sufocado pelo excesso de burocracia, procedimentos, comportamentos e pensamentos ultrapassados. Propositiva, reporta dois aspectos negativos: um é a demora e atraso na resolução dos processos; o outro é a falta de conhecimento mais abrangente do comércio exterior entre os profissionais, tanto teórico quanto prático. E conhecer a abrangência do comex implica ter uma noção sobre a cultura de um modo geral, vaticina a Despachante.

Nas palavras de Carmen, há muita tarefa a ser feita: “Precisamos ter nossas atividades desenvolvidas e apresentadas por meio de tecnologias que funcione de verdade, e que o retorno dos órgãos seja imediato e com resolução, e não entraves. A nossa classe está se reorganizando, se fortalecendo. A idéia é renovar atitudes e reciclar conhecimentos, para revigorar nossa imagem, mas com a mesma integridade, respeito e moral, sempre”

Para a nova Delegada Adjunta da ADAB o surgimento da Associação veio para servir de apoio para a classe no Brasil, no entanto conclama a Delegada, é preciso trabalhar muito para que os resultados apareçam. É preciso conscientização e acreditar. Associar e cobrar melhorias, complementa.

Quanto ao futuro, a mineira Carmen diz que é tarefa permanente do Despachante Aduaneiro é desempenhar um trabalho de primeiro mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui